Teses de licenciatura


A emigração árabe no romance brasileiro contemporâneo: «Nur na escuridão» e a memória, a identidade, a alteridade e o estranhamento


Autoría

El Mostafa Laaouichi
Data de Lectura

21-novembro-2016
Facultade

Faculdade de Letras / Instituto de Ciências Sociais
Universidade

Dissertação de Mestrado / Universidade de Lisboa
Cualificación

Sobresaliente
Título acadado

Mestre em Estudos Brasileiros
Descrición

Nesta dissertação de mestrado pretende-se examinar criticamente a problematização literária dos processos identitários derivados da imigração, através da análise do romance Nur na escuridão, do autor brasileiro de ascendência libanesa Salim Miguel. É privilegiada para este fim, contrastiva e complementarmente, a análise comparatista relativamente aos romances Gabriela, cravo e canela de Jorge Amado, Lavoura arcaica de Raduan Nassar, Amrik de Ana Miranda, Relato de um certo Oriente de Milton Hatoum e O Enigma de Qaf de Alberto Mussa, assim como Emigrantes, do português Ferreira de Castro. Através das comparações pontuais entre a obra de Salim Miguel e os romances deste pequeno corpus, selecionado ad hoc, procura-se entender a escrita migueliana em toda a sua complexidade e singularidade.

Assim, num primeiro momento, estuda-se a obra no seu contexto histórico, social, cultural e, igualmente, no seu contexto literário. Num segundo momento, a fim de compreender melhor a originalidade do romance, são focados alguns dos aspetos mais relevantes e significativos da recriação ficcional da experiência e da figura do imigrante árabe, nomeadamente, o estatuto atribuído à memória, no plano diegético e no plano discursivo, e a aprimorada construção da identidade das personagens. Dada a complexidade do objeto de estudo, utiliza-se uma metodologia eclética que – com a devida coerência científica − abrange instrumentos de diversas áreas, além dos puramente literários, tais como a História, a Sociologia ou a Antropologia.